6 dicas de marketing digital para prospecção de novos clientes.

A ferramenta de Marketing ideal para o seu negócio.

As 6 principais tendências para emails de prospecção

A prospecção de clientes por meio de emails é uma estratégia eficaz para conquistar novos negócios e expandir a base de clientes de uma empresa. No entanto, para obter resultados significativos, é fundamental adotar as tendências mais recentes, seguir um processo bem estruturado e monitorar métricas essenciais.

As 6 principais tendências para emails de prospecção

1. Personalização contextual:

A personalização vai além do uso do nome do destinatário. Tendências recentes envolvem a personalização contextual, incorporando informações específicas sobre a empresa ou desafios do cliente para tornar a abordagem mais relevante.

2. Automatização inteligente:

Ferramentas de automação estão se tornando mais inteligentes, permitindo a segmentação avançada, envio no momento certo e personalização dinâmica com base no comportamento do usuário.

3. Conteúdo interativo:

Emails interativos, como pesquisas, quizzes ou vídeos incorporados, aumentam a interação do destinatário, tornando a experiência mais envolvente e memorável.

4. Inclusão de vídeos pessoais:

O uso de vídeos personalizados na prospecção pode criar uma conexão mais forte. Isso humaniza a abordagem e transmite informações de forma mais cativante.

5. Integração com redes sociais:

A integração dos perfis de redes sociais no email permite que os prospectados conheçam mais sobre a equipe de vendas, criando uma relação mais autêntica.

6. Copywriting persuasivo:

Investir em copywriting persuasivo é uma tendência contínua. Textos que contam histórias, destacam benefícios e resolvem problemas específicos são essenciais para capturar a atenção do destinatário.

Como montar um email de prospecção

Passo 1: Pesquisa e segmentação

Antes de redigir qualquer email, é essencial realizar uma pesquisa aprofundada sobre o prospectado. Compreender a empresa, seus desafios específicos e até mesmo detalhes sobre a pessoa que você está contatando é crucial. Além disso, segmentar sua lista de contatos com base em características comuns permite personalizar suas mensagens de forma mais eficaz.

Passo 2: Linha de assunto cativante

A linha de assunto é o primeiro ponto de contato com o prospectado, e uma linha de assunto cativante é crucial para garantir que seu email seja aberto. Seja claro, intrigante e, se possível, inclua um elemento personalizado para aumentar a relevância. Lembre-se, a linha de assunto é o convite para que o prospectado abra a porta do seu email.

Passo 3: Introdução persuasiva

A introdução do email deve ser envolvente e persuasiva. Comece identificando um problema comum ou uma dor que o prospectado possa estar enfrentando. Em seguida, destaque brevemente como sua solução pode oferecer uma resposta ou alívio a esses desafios. Evite excesso de jargões e vá direto ao ponto.

Passo 4: Conteúdo relevante e personalizado

O corpo do email é o lugar para apresentar detalhes mais específicos e relevantes. Personalize o conteúdo com base nas informações que você coletou durante a pesquisa, destacando como sua oferta aborda diretamente as necessidades do prospectado. Use exemplos concretos, depoimentos ou estudos de caso para validar suas afirmações e criar confiança.

Passo 5: Chamada para ação (CTA) 

Cada email de prospecção deve ter uma chamada para ação clara e direta. Indique qual é o próximo passo que você deseja que o prospectado tome. Pode ser agendar uma reunião, fazer o download de um recurso, assistir a uma demonstração ou qualquer outra ação relevante para o estágio do funil em que o prospectado se encontra. Certifique-se de que a CTA seja irresistível e fácil de seguir.

Principais métricas para medir a efetividade de seus emails

As métricas fornecem insights valiosos sobre o impacto das suas campanhas, permitindo ajustes e otimizações contínuas. Ao analisar essas métricas em conjunto, você terá uma visão abrangente da efetividade dos seus emails de prospecção. Isso não apenas ajuda a identificar áreas de melhoria, mas também fornece dados valiosos para otimizar suas futuras campanhas, garantindo um processo de prospecção cada vez mais eficiente e alinhado aos objetivos de negócio. As seguintes taxas devem ser medidas: 

Taxa de abertura: A taxa de abertura é a porcentagem de destinatários que abriram seu email em relação ao número total de emails enviados. Uma alta taxa de abertura indica que sua linha de assunto e o remetente são atraentes. Acompanhar essa métrica é fundamental para avaliar a primeira impressão que seus emails causam.

Taxa de rejeição: A taxa de rejeição mede quantos destinatários optaram por não receber mais seus emails. Monitorar essa métrica é essencial para entender o quão relevante e aceitável é sua abordagem. Uma alta taxa de rejeição pode indicar que sua estratégia precisa ser ajustada para evitar spam e melhorar a segmentação.

Taxa de conversão:  A taxa de conversão é a porcentagem de prospectados que realizaram a ação desejada após receber o email, como preencher um formulário, agendar uma reunião ou fazer uma compra. Essa métrica é essencial para avaliar a eficácia real da sua campanha em direção aos objetivos definidos.

Taxa de resposta: A taxa de resposta indica quantos prospectados responderam ativamente aos seus emails. Isso é valioso para avaliar o nível de interesse e engajamento gerado pela sua abordagem de prospecção. Emails que geram respostas sugerem uma interação mais profunda.

 

Fale com um especialista em Marketing

Preencha o formulário e assista em tempo real o que o sistema poderá fazer pela sua empresa

Em qual serviço deseja se logar?

Preencha com seus dados e receba uma mensagem no WhatsApp!